Superação de dormência de sementes de mororó (Bauhinia forficata Linn.)

Autores

  • T. M. Oliveira Universidade Federal do Piauí
  • G. C. Amaral Universidade Federal do Piauí
  • S. G. G. Farias Universidade Federal do Piauí
  • A. R. Alves Universidade Federal do Piauí
  • E. L. Maia Universidade Federal do Piauí
  • L. M. Santos Universidade Federal do Piauí

Palavras-chave:

germinação, escarificação mecânica, escrificação química

Resumo

O mororó (BauhiniaforficataLinnCaesalpinaceae,apresenta diferentes finalidades. A quebra de dormência é um mecanismo de facilitação da perpetuação da espécie, no entanto,é um fator limitante para sua propagação, devido às baixas porcentagens de germinação. Diante disso, o objetivo do trabalho foi testar diferentes métodos para superação da dormência de sementes de B. forficata L., utilizando os seguintes tratamentos: T1 – testemunha, T2 –escarificação mecânica na parte lateral das sementes com lixa para massa nº 120, seguido de imersão em água por 24 horas, T3 – escarificação mecânica na parte lateral das sementes com lixa para massa nº 120, sem imersão em água, T4 – sementes intactas submetidas à imersão em água durante 24 horas em temperatura ambiente; T5 – imersão das sementes em água a 80º C até resfriamento; T6 – imersão das sementes em água a 90°C até resfriamento; T7 – imersão das sementes em água a 100°C até resfriamento; T8 – escarificação química em ácido sulfúrico concentrado por 5 minutos; T9 – escarificação química em ácido sulfúrico concentrado por 10 minutos; T10– escarificação química em ácido sulfúrico concentrado por 15 minutos; nos tratamentos com escarificação química em ácido sulfúrico, após o tempo determinado as sementes foram lavadas em água corrente por 5 minutos. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado (DIC), com 10 tratamentos sendo que para cada tratamento utilizou-se 4 repetições, constituídas por 25 sementes, totalizando 100 sementes por tratamento. Os parâmetros avaliados foram: Porcentagem de germinação (%G), Primeira Contagem (%) e Índice de Velocidade de Germinação (IVG). As médias dos tratamentos foram comparadas entre si pelo teste de Scott-Knott a 5 % de probabilidade.Os tratamentos que proporcionaram os melhores resultados para germinação deB. forficata L., foram escarificação mecânica com e sem imersão em água e a escarificação química com ácido sulfúrico por cinco minutos.

Downloads

Publicado

2013-06-10

Como Citar

Oliveira, T. M., Amaral, G. C., Farias, S. G. G., Alves, A. R., Maia, E. L., & Santos, L. M. (2013). Superação de dormência de sementes de mororó (Bauhinia forficata Linn.). Scientia Plena, 8(4(b). Recuperado de https://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/1428

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.