Colimador alternativo para o modelo XR-100T com CdTe, usado em medidas diretas de espectros de radiodiagnóstico.

Climerio Santos Soares, Maria Victoria Manso Guevara, Luis Nieto Gonzales, Felix Mas Milian, Fermin Garcia Velasco

Resumo


A simulação de espectros é um instrumento de grande utilidade prática e pedagógica porque ajuda a compreender os limites de uma técnica, e os parâmetros instrumentais para otimizar medidas de grandezas de grande interesse na física. Os modelos de Monte Carlo, baseados no transporte de partículas e radiação, provêem ferramentas fáceis e flexíveis para simular geometrias e materiais complexos. Em particular, o código MCNPX permite a comparação, manipulação e quantificação de espectros medidos e simulados. Este trabalho auxilia-se desta ferramenta para estimar as características de um dispositivo de colimação que evite danos permanentes e temporários num detector de CdTe, quando usado para medidas diretas do espectro de Bremsstrahlung de tubos de raios X, com voltagem máxima nominal de 150 kVp e cargas típicas usadas em protocolos de radiologia. No o trabalho mostram-se também os espectros de altura de pulsos, simulados e medidos com este detector. 



Palavras-chave


Simulação computacional, Metodo de Monte Carlo, Radiodiagnostico, espectros raios X

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.