Em busca da sustentabilidade: Mensuração e avaliação da dimensão social em assentamento agroextrativista no Estado de Sergipe

José Ubiratan Rezende Santana, Laura Jane Gomes, Ítalo César Almeida Carvalho

Resumo


Várias proposições foram operacionalizadas com a finalidade de mensurar a sustentabilidade em diversas escalas, desde locais a globais, uma delas é o uso de indicadores de sustentabilidade, ferramentas importantes que permitem mensurar as modificações antrópicas num determinado sistema e comunicar, de forma simplificada, o estado deste em relação aos critérios e às metas estabelecidas para avaliar a sustentabilidade. O presente estudo teve como objetivo subsidiar uma forma de mensurar a sustentabilidade das famílias de agricultores inseridos no contexto agroextrativista, tendo como foco a análise da dimensão social, por meio do uso da metodologia MESMIS. Foram selecionados 15 indicadores de sustentabilidade social divididos em duas categorias: acesso aos serviços públicos básicos e Inserção em formas organizativas. Foram encontradas fragilidades e potencialidades no contexto agroextrativista, assim como, a formação de índices baixos de sustentabilidade na categoria Inserção em formas organizativas.


Palavras-chave


Agricultura Familiar; Agroextrativismo; Indicadores de Sustentabilidade

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.